O Voando em Moçambique é um pequeno tributo à História da Aviação em Moçambique. Grande parte dos seus arquivos desapareceram ou foram destruídos e o que deles resta, permanecem porventura silenciosos nas estantes de muitos dos seus protagonistas. A História é feita por todos aqueles que nela participaram. É a esses que aqui lançamos o nosso apelo, para que nos deixem o seu contributo real, pois de certo possuirão um espólio importante, para que a História dessa Aviação se não perca nos tempos e com ela todos os seus “heróis”. As gerações futuras de certo lhes agradecerão. Muitos desses verdadeiros heróis, ilustres aventureiros desconhecidos, souberam desafiar os perigos de toda a ordem, transportando pessoas e bens de primeira necessidade ou evacuando doentes, em condições meteorológicas adversas, quais “gloriosos malucos das máquinas voadoras”. Há que incentivar todos aqueles que ainda possuam dados e documentos que possam contribuir para que essa História se faça e se não extinga com eles, que os publiquem, ou que os cedam a organizações que para isso estejam vocacionadas. A nossa gratidão a todos aqueles que ao longo dos tempos se atreveram e tiveram a coragem de escrever as suas “estórias” e memórias sobre a sua aviação. Só assim a História da Aviação em Moçambique se fará verdadeiramente, pois nenhum trabalho deste género é suficientemente exaustivo e completo. A todos esses ilustres personagens do nosso passado recente que contra tudo e todos lutaram para que essa história se fizesse, a nossa humilde e sincera homenagem.

A eles dedicamos estas linhas.

José Vilhena e Maria Luísa Hingá

========================

Quem tiver fotos e/ou documentos sobre a Aviação em Moçambique e os queira ver publicados neste blogue, pode contactar-me pelo e-mail:lhinga@gmail.com

=======================

Por motivo alheio algumas das imagens não abrem no tamanho original. Nesse caso podem selecionar “abrir imagem num novo separador” ou “Guardar imagem como…”.

24/04/07

287-Cte. Timóteo Costa


Iniciou a sua actividade aeronáutica em 1966 no Aero Clube de Moçambique (Lourenço Marques). Entre 1966 e 1969 foi Despachante de Operações de Voo da DETA tendo paralelamente terminado o curso de instrutor de voo no Aero Clube de Moçambique, função que possibilitou adquirir as horas de voo necessárias para obter a Licença de Piloto Comercial de Aviões. De 1972 a 1977 foi piloto da DETA tendo voado F27 (Friendship), Boeing 737, B720 e B707. De 1979 a 1988 voou na TAAG em Angola, exclusivamente como Comandante de B707. De regresso à Madeira, sua terra natal, voou na LAR (Linhas Aéreas Regionais) em Avro (HS 748), na linha Madeira / Porto Santo. De 1989 a 1994 foi piloto na defunta Air Columbus, no equipamente B727, B737 e B757. A partir de Novembro de 1995 passa para os quadros da SATA Internacional, voando em B737 300/400. Presentemente é comandante de Airbus A320, com base na Madeira. Possui mais de 40 anos dedicados à aviação com cerca de 22.000 horas de voo como piloto.


In revista da APCTA -Associação Portuguesa dos Controladores de Tráfego Aéreo (Abril de 2007)

http://www.sincta.pt/fotos/gca/1177276855flightlevel6.pdf


1 comentário:

Anónimo disse...

Sem dúvida uma grande carreira! de vez em quando ainda o vejo passar nos aviões do aeroclube da madeira! Ainda tenho laços familiares embora distantes com o Comandante, se algum dia chegar a ler isto gostava k soube-se que o admiro muito e que um dia gostaria de voar num avião por si pilotado! sou um fanático da aviação passo a vida nos simuladores faltam-m ainda aprender muitas coisas.. mas enfim o k importa é o gosto! um abraço. Sou o Enfermeiro Nélio do Porto Moniz, e teria um dia muito gosto em conheçe-lo pessoalmente!!