O Voando em Moçambique é um pequeno tributo à História da Aviação em Moçambique. Grande parte dos seus arquivos desapareceram ou foram destruídos e o que deles resta, permanecem porventura silenciosos nas estantes de muitos dos seus protagonistas. A História é feita por todos aqueles que nela participaram. É a esses que aqui lançamos o nosso apelo, para que nos deixem o seu contributo real, pois de certo possuirão um espólio importante, para que a História dessa Aviação se não perca nos tempos e com ela todos os seus “heróis”. As gerações futuras de certo lhes agradecerão. Muitos desses verdadeiros heróis, ilustres aventureiros desconhecidos, souberam desafiar os perigos de toda a ordem, transportando pessoas e bens de primeira necessidade ou evacuando doentes, em condições meteorológicas adversas, quais “gloriosos malucos das máquinas voadoras”. Há que incentivar todos aqueles que ainda possuam dados e documentos que possam contribuir para que essa História se faça e se não extinga com eles, que os publiquem, ou que os cedam a organizações que para isso estejam vocacionadas. A nossa gratidão a todos aqueles que ao longo dos tempos se atreveram e tiveram a coragem de escrever as suas “estórias” e memórias sobre a sua aviação. Só assim a História da Aviação em Moçambique se fará verdadeiramente, pois nenhum trabalho deste género é suficientemente exaustivo e completo. A todos esses ilustres personagens do nosso passado recente que contra tudo e todos lutaram para que essa história se fizesse, a nossa humilde e sincera homenagem.

A eles dedicamos estas linhas.

José Vilhena e Maria Luísa Hingá

========================

Quem tiver fotos e/ou documentos sobre a Aviação em Moçambique e os queira ver publicados neste blogue, pode contactar-me pelo e-mail:lhinga@gmail.com

=======================

Por motivo alheio algumas das imagens não abrem no tamanho original. Nesse caso podem selecionar “abrir imagem num novo separador” ou “Guardar imagem como…”.

30/01/16

914 - Aeroclube de Nampula


CR-ABM e Arnaldo D. Silva

CR-ADB e grupo de pilotos

Piper Cub J3 "CR-AEC" - Foto de Fernando Lacerda


Piper Cub J3 "CR-AEC"
Piper Cub J3 "CR-AEC"
Cessna 172G "CR-ALH"

Arnaldo G. Duarte Silva, sócio nº. 1, do Aeroclube de Nampula


Fotos do Cte. Duarte Silva, piloto do Aeroclube de Nampula, enviadas pela filha Luísa Duarte Silva Oliveira
Espólio de Arnaldo G. Duarte Silva
Aeroclube de Nampula 1965. Foto de Arnaldo Duarte Silva

Aeroclube de Nampula 1965. Foto de Arnaldo Duarte Silva


Aeroclube de Nampula 1967. Foto de Arnaldo Duarte Silva



Aeroclube de Nampula 1967. Foto de Arnaldo Duarte Silva


Foto de Arnaldo Duarte Silva


Primeiro Curso de Pilotagem Aeroclube Nampula 1954. Foto de Arnaldo Duarte Silva

Fotos de LuísaDSOliveira
Obrigada Vítor Silva, Vassalo, Lino e Rolando Mendes pela identificação.

José Manuel Rego da Silva

Aeroporto de Nampula - Grupo de pessoas ligadas à aviação

Da esquerda para a direita: 4º. Rego da Silva, 5º. Costa Pereira,(Irmão do guarda redes do Benfica), 6º. Jorge Cruz, Instrutor do Aeroclube de Nampula, 7º. Leal (também piloto de automóveis).
Foto e legenda de António Rego da Silva


Largado de um pilotaço no Aeroclube de Nampula. Lamento mas nomes já não consigo me lembrar.





A foto foi tirada no Aeroclube de Nampula e estou eu e alguns pilotaços do mesmo clube. Fotos e legendas de Fernando Lacerda

CR-AEC, do Aeroclube de Nampula. Fotos tiradas em 1968


CR-AEC, do Aeroclube de Nampula. Fototiradas em 1968
Dino Cabeleira, Gonçalves e António Correia de Almeida. 
Foto de Eduardo Vasconcelos


CR-AEC, do Aeroclube de Nampula. Foto tirada em 1968. António Correia de Almeida. Foto de Eduardo Vasconcelos


CR-AEC, do Aeroclube de Nampula. Foto tirada em 1968. Gonçalves e Eduardo Vasconcelos. Foto de Eduardo Vasconcelos


CR-AEC, do Aeroclube de Nampula. Foto tirada em 1968. Gonçalves dá apoio ao Sr Cte Cabeleira. Foto de Eduardo Vasconcelos
Espólio de Arnaldo G. Duarte Silva
Espólio de Arnaldo G. Duarte Silva

Espólio de Arnaldo G. Duarte Silva
Espólio de Arnaldo G. Duarte Silva

 
Espólio de Arnaldo G. Duarte Silva

10/12/15

912 - O “Dream Team” do ACM (Aeroclube de Moçambique)

O “Dream Team” do ACM

Manguinhas, Anjos, Fernando, Campos, Flávio, Abrantes e Silveira
Ribeiro, Botto, Dionísio, Teixeira, Jacaré e Jorge Ribeiro.

Foto do Eng.º Flávio Carmelo

02/12/15

911 - CIALM - Centro de Instrução Aeronáutico de Lourenço Marques

Em 1949 foi criado o Centro de Instrução Aeronáutico de Lourenço Marques (CIALM), mantido pela Aeronáutica Militar (a antecessora da Força Aérea Portuguesa).
Para o desempenho desta actividade foi este Centro dotado de várias aeronaves:
DH.82 Tiger Moth - Matriculas 1 a 9
DH.87 Hornet Moth - Matricula 10
General Aircraft Monospar ST-12 - Matricula 15
Avro Anson - Matriculas 20 e 21
Beech A-35 Bonanza - Matricula 25
Algumas fontes defendem que os Tiger Moth foram os primeiros de série fabricados pelas OGMA, tendo portanto os números de construção P01 a P09.
Em Maio de 1952 foram re-matriculados para os registos entrarem no padrão da FAP : os Tiger Moth receberam as matriculas 1180 a 1188, o Hornet Moth 9201 e o Beech Bonanza 9301.
O centro foi desativado em 1955 e os seus aviões foram abatidos ou cedidos aos aeroclubes.

DH.82 Tiger Moth 
DH.82 Tiger Moth 
DH.82 Tiger Moth 
DH.82 Tiger Moth 
DH.82 Tiger Moth 
 DH.82 Tiger Moth
 DH.82 Tiger Moth
General Aircraft Monospar

General Aircraft Monospar

Beech A-35 Bonanza


Beech A-35 Bonanza


DH.87 Hornet Moth