O Voando em Moçambique é um pequeno tributo à História da Aviação em Moçambique. Grande parte dos seus arquivos desapareceram ou foram destruídos e o que deles resta, permanecem porventura silenciosos nas estantes de muitos dos seus protagonistas. A História é feita por todos aqueles que nela participaram. É a esses que aqui lançamos o nosso apelo, para que nos deixem o seu contributo real, pois de certo possuirão um espólio importante, para que a História dessa Aviação se não perca nos tempos e com ela todos os seus “heróis”. As gerações futuras de certo lhes agradecerão. Muitos desses verdadeiros heróis, ilustres aventureiros desconhecidos, souberam desafiar os perigos de toda a ordem, transportando pessoas e bens de primeira necessidade ou evacuando doentes, em condições meteorológicas adversas, quais “gloriosos malucos das máquinas voadoras”. Há que incentivar todos aqueles que ainda possuam dados e documentos que possam contribuir para que essa História se faça e se não extinga com eles, que os publiquem, ou que os cedam a organizações que para isso estejam vocacionadas. A nossa gratidão a todos aqueles que ao longo dos tempos se atreveram e tiveram a coragem de escrever as suas “estórias” e memórias sobre a sua aviação. Só assim a História da Aviação em Moçambique se fará verdadeiramente, pois nenhum trabalho deste género é suficientemente exaustivo e completo. A todos esses ilustres personagens do nosso passado recente que contra tudo e todos lutaram para que essa história se fizesse, a nossa humilde e sincera homenagem.

A eles dedicamos estas linhas.

José Vilhena e Maria Luísa Hingá

========================

Quem tiver fotos e/ou documentos sobre a Aviação em Moçambique e os queira ver publicados neste blogue, pode contactar-me pelo e-mail:lhinga@gmail.com

=======================

Por motivo alheio algumas das imagens não abrem no tamanho original. Nesse caso podem selecionar “abrir imagem num novo separador” ou “Guardar imagem como…”.

05/06/18

930 - José Vilhena

José António do Ó Vilhena nasceu a 21 de Janeiro de 1955 em Lourenço Marques, Moçambique. Filho de António Jacinto Vilhena e de Maria da Conceição do Ó Vilhena completou o ensino primário na Escola Primária Mouzinho de Albuquerque na Vila João Belo (Chai-Chai), o ensino secundário no Liceu Salazar em Lourenço Marques e frequentou a Faculdade de Medicina na capital Moçambicana.
Como bolseiro da Mocidade Portuguesa iniciou a instrução para a obtenção da Licença de Piloto Particular de Aeroplanos a 25 de Maio de 1971, na Escola de Pilotagem do Aeroclube de Moçambique, com 16 anos de idade, tendo como instrutor o piloto Gonçalves Dias (Inspetor da DGS).
Realizou o seu 1º voo a solo a 15 de Novembro de 1971 com 16:30 horas de voo e foi brevetado a 21 de Abril de 1972, com a Licença nº 752/PPA/523 e o total de 40:15 horas de voo.
Foi instrutor de quatro alunos no Aero Clube de Moçambique a partir de 14 de Abril de 1974, Ramiro Carvalho, Morais, Pires e Loureiro. Como correspondente das revistas sul africanas Wings Over Africa e World Airnews cobriu até à independência de Moçambique as atividades aeronáuticas daquela província ultramarina, em especial do Aero Clube de Moçambique.
A 26 de Abril de 1976 obteve a Licença de Paraquedista Civil nº 216/PQ/1 e a 28 de Abril de 1976 a Licença de Piloto Comercial de Aeroplanos nº 557/PCA/1, emitida pela DGAC – Direção Geral de Aeronáutica Civil em Lisboa, bem como a Qualificação de Instrutor de Voo.
Entre Julho de 1976 e Janeiro de 1977 foi instrutor do Aero Club de Portugal em Tires.
A 15 de Dezembro de 1976 foi-lhe emitida a Qualificação de Voo por Instrumentos e a 24 desse mesmo mês a Qualificação de Multimotores.
A 21 de Janeiro de 1977 é contratado como piloto agrícola pela SONAPROV (Societé National de la Protection des Vegetaux) da Tunísia, onde permaneceu até Novembro de 1977.
Foi contratado pela CTA – Consórcio Técnico de Aeronáutica de Angola como copiloto de Lockhed Hercules C-130 a partir de 07 de Dezembro de 1977, empresa estatal que posteriormente passou a designar-se por TAAG Charter.
A 2 de Outubro de 1978, já como Piloto de Linha Aérea, iniciou a sua carreira na TAP Air Portugal incluído no 21º Curso Geral de Pilotos, o 1º que a empresa realizou depois do 25 de Abril de 1974.
Na TAP voou Boeing 727-100 e 727-200, Boeing 737-200 e 737-300, Lockhed L1011-500 Tristar, Airbus A319/A320/A321, Airbus A310-300, Airbus A330-200 e A330-300 e Airbus A340/300.
Foi promovido a Comandante a 7 de Maio de 1991, sendo no momento o Comandante no ativo mais antigo da TAP com um total de 28.850 horas de voo.
É em parceria com Luisa Hingá promotor do Blog “Voando em Moçambique”, bem como administrador do projeto "Voa Portugal" que se dedica à divulgação da história da aviação em Portugal, incluindo as ex-colónias ultramarinas.
Publicou desde 1974 vários artigos sobre a história da aviação em revistas aeronáuticas e científicas e foi coautor do livro “A Aviação na Madeira” publicado pela Força Aérea Portuguesa em 2013 quando comemorou o seu 58º aniversário.
A 11 de dezembro de 2009 encerrou as comemorações dos 100 anos da aviação em Portugal com uma palestra sobre o tema na Sociedade de Geografia de Lisboa.
Em 2017 foi galardoado com o prémio “APPLA Comunicação” pela Associação dos Pilotos Portugueses de Linha Aérea, pela sua contribuição na divulgação da história da aviação no nosso país.

Aero Clube de Maoçambique
Piper Cub J-3
Aero Clube de Moçambique
Piper Super Cub PA-18
Aero Club de Moçambique
DHC-1 Chipmunk T.10
Aero Clube de Moçambique
Monney MK-21
Aero Clube de Moçambique
Aerodromo Plácido de Abreu
Chibuto
Aerodromo Plácido de Abreu
Chibuto
DHC-1 Chipmunk T.10 - CR-AEK
Com Carlos Antunes (direita)
Chibuto
Com Marques Pinto (esq.) e Rui Monteiro (dta.)
Declaração do Diretor da Escola do ACM
Inspecções Médicas iniciais
Classificação do curso pré-voo do ACM
Cartão de Sócio ACM
Caderneta de Voo
Caderneta de Voo
Caderneta de Voo
Caderneta de Voo
Caderneta de Voo
Cartão de Aluno Piloto
Licença de Voo PPA
Autorização para largar paraquedistas
Caderneta de Voo
Revista Wings Over Africa
Licença de Voo PPA (Portugal)
Licença de Voo PCA
Licença de Voo PLAA
Licença de Voo PLAA
Licença de Voo PLAA
Licença de Voo PLAA
Cartão de Identidade do Aero Club de Portugal
Aero Club de Portugal
Aero Club de Portugal
Licença de Paraquedista Civil
Caderneta de Saltos para Pára-quedista
Caderneta de Voo
Évora com o instrutor Ferreira da Costa (ACB)
Curso de Paraquedista Civil
Avelar de Sousa
Licença FAI
Cartão de Aluno de Planadores
Caderneta de Voo para piloto de planadores
Caderneta de Voo para piloto de planadores
Aero Clube de Torres Vedras
Validação FAA da Licença PCA
Validação Tunisina da Licença de voo
Grumman Ag-Cat

Grumman Ag-Cat
Grumman Ag-Cat
Cessna Agwagon
SONAPROV - Tunísia
Validação Angolana da Licença de Voo
Licença PCA Angolana
CTA
CTA
CTA
CTA
CTA
Islander da CTA
Islander da CTA
Hercules C-130
Hercules C-130
Hercules C-130

TAP
Boeing 737
A310
A330
A340
A340
A330 - Voo Retro a Maputo
Livro FAP (2013)
Sociedade de Geografia de Lisboa
100 Anos da Aviação em Portugal
100 Anos do Aero Club de Portugal
Prémio APPLA Comunicação (2017)
Prémio APPLA Comunicação (2017)

1 comentário:

José Vilhena disse...

Uma paixão de menino, uma carreira profissional igual a tantas outras....
A certeza de um dever cumprido.....